Vila Velha adere à Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite

Vila Velha se junta a outras cidades brasileiras na campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite, que acontece até o dia 14 de junho. No município, a imunização, que é voltada para crianças de 1 ano a menores de 5 anos de idade, acontece nas salas de vacinação, por agendamento pelo site da Prefeitura.

A expectativa da campanha, uma iniciativa do Ministério da Saúde, é reduzir o número de crianças não vacinadas bem como o risco de reintrodução do poliovírus no Brasil, além de reforçar medidas para a erradicação da doença. Vila Velha recebeu 17.840 doses da vacina oral contra poliomielite.

Com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal, a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Vila Velha vai promover, no dia 8 de junho, na Unidade de Saúde de Coqueiral de Itaparica, o “Dia D de Vacinação contra a Poliomielite”.

Neste dia, a oferta será por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento prévio. O Brasil não registra casos de poliomielite desde 1989. A meta é contribuir para vacinar no mínimo 95% das crianças que fazem parte do público-alvo da campanha.

Sobre a doença

A poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que vive no intestino, chamado poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas e provocar ou não paralisia.

Nos casos graves, em que acontecem as paralisias musculares, os membros inferiores são os mais atingidos. A vacinação é a única forma de prevenção da doença.