Mulheres no comando: 43% dos negócios capixabas são liderados por mulheres

As mulheres têm ocupado cada vez mais espaços, e na liderança das empresas capixabas não é diferente. De acordo com um estudo feito pela Serasa Experian para quantificar as empresas com lideranças femininas no Brasil, cerca de 43% das empresas capixabas ativas em 2022 eram lideradas por mulheres, colocando o Estado em terceiro lugar no ranking nacional.

Apesar da presença expressiva de mulheres na liderança, alguns desafios se apresentam no momento de desenvolver seus próprios negócios. O contato com ambientes de trabalho desiguais, horários inflexíveis e salários injustos são exemplos.

Para elas, que normalmente já têm dupla jornada, esses são motivos cruciais para a tomada de decisão sobre abrir o próprio negócio. Por isso, mesmo com o aumento da atuação feminina, ainda é necessário incentivar e preparar as futuras empresárias para o mercado.

Uma das formas de incentivo ao empreendedorismo feminino são as políticas públicas de desenvolvimento que proporcionam alternativas de crédito produtivo e orientado voltado a este segmento de negócio.

Com o compromisso de ser um parceiro dos negócios capixabas, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) atua para impulsionar a inclusão de gênero e o crescimento das empresas do Espírito Santo. Uma forma do banco incentivar estes negócios é a linha de crédito Bandes Retomada, criada para apoiar ainda mais as lideranças femininas.

Além do apoio com acesso ao crédito, desde 2021, o banco tem promovido a educação para a gestão dos negócios por meio do programa “Mulheres Empreendedoras”, um programa de formação com aulas direcionadas para o empreendedorismo, mercado de trabalho e educação financeira. O projeto é desenvolvido em parceria com a Associação Júnior Achievement do Espírito Santo.

Para a gerente de Negócios do Bandes, Adriana Pessotti Rangel, o suporte oferecido pelo Bandes às mulheres valoriza os potenciais existentes no mercado capixaba.

“Atualmente, o Espírito Santo tem uma pluralidade de negócios liderados por mulheres. Tanto por meio do crédito quanto por meio da capacitação, o Bandes atua como parceiro das empreendedoras do Estado, buscando impulsionar a inclusão de gênero. Promover a diversidade nos negócios capixabas é fundamental para a geração de empregos e renda e para transformar o Espírito Santo”, ressalta.

O trabalho desenvolvido pelo Bandes tem impactado diretamente as empreendedoras capixabas e seus negócios. No primeiro semestre de 2023, o montante de recursos destinados ao crescimento sustentável de negócios liderados por mulheres correspondeu a 41%, estimulando o crescimento e o desenvolvimento dessas empresas.

“Junto ao compromisso de promover o desenvolvimento da economia, está a responsabilidade social do Bandes, em busca de reduzir as desigualdades existentes no mercado capixaba. Incentivar o empreendedorismo feminino significa dar às mulheres empreendedoras a oportunidade de contar e ser protagonistas de suas próprias histórias”, afirma Adriana Pessotti Rangel, gerente de Negócios do Bandes.

Bandes Retomada
A linha Bandes Retomada é uma das alternativas do banco capixaba para proporcionar maior inclusão de gênero nos negócios capixabas. A iniciativa faz parte das estratégias adotadas pelo Bandes como forma de reforçar a capacidade de dar suporte financeiro às empresas do Estado, impulsionando a inclusão de gênero por meio da coleta e do monitoramento de dados desagregados por sexo dos líderes ou proprietáriosdas micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), segundo as melhores práticas. Assim, é possível aumentar a participação efetiva de créditos de capital de giro para as MPMEs capixabas e lideradas por mulheres.

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br/credito